Narciso (seja lá o que sou)


Com talvez os pés ainda um pouco acima do solo, me deixo ali, como se fosse fácil ficar ali, e mantenho minha introspecção tão difícil de achar no meio desse temporal. Ele estava ali como sempre não esteve, sentamos onde nunca sentamos e falamos como nunca falamos e algo incomodava, como qualquer coisa estranha que nunca fizemos. Não que seja ruim, mas entenda, ainda é estranho. Carmas ou não, viverei remendando meu estar, e vivo como se fosse a decisão mais difícil que eu tinha que tomar. No mais absurdo do meu ser, poderia deixar você
ir, mas hoje não.

"Um amor vivo é um amor em conflito, o amor só descansa quando morre."

Comentários

Narciso voltou mesmo hein... q bom!

bjoss

ah...visite http://rotinaagressiva.blogspot.com/ espero q goste.

Postagens mais visitadas