quinta-feira, 8 de novembro de 2012

Impala (cinco doses e uma golada e meia)

Seria pedir demais, eu entendo, a ausência de pensamento é utópica. Hoje eu te peço que fique, mais, ficar um dia atras do outro, a sorte não tem vindo me acompanhar, quero uma outra garrafa de whisky, quero voltar naquele momento platônico onde não existia chance de chegar. Queria  poder existir nesse outro caminho sem comprometer o seu, mas você me beija e me abraça e eu já quero comprometer tudo de novo, que sossego porra nenhuma, eu te mostro uma vida de paixão que nunca acaba, possível, possível comigo, olha que mundo pequeno, nem cabe o nosso sorriso, me abraça de novo, não me deixa ir mesmo que eu tente mais umas milhões de vezes, quero viver intensamente esse pensamento, vamos comprar essa garrafa logo assim nunca me enjoo desse seu beijo doce, forte, calado. 

Nenhum comentário: